Tipo de Autismo Infantil

0

 

Receber a notícia de que seu filho tem autismo pode mudar completamente a rotina e os planos de uma família. Enquanto alguns pais ficam chocados com o diagnóstico, outros conseguem digerir a informação sem problema.

O mais importante é lembrar de jamais comparar o seu filho com outras crianças, nem mesmo outras crianças autistas. Cada pessoa se desenvolve de uma forma e em tempos diferentes. Respeite o teu do seu filho.

O que é autismo?

O transtorno do espectro autista (TEA) é um transtorno de desenvolvimento do cérebro que pode ocorrer antes, durante ou após o nascimento. Em outras palavras, o autismo é um distúrbio que afeta a capacidade da pessoa em se comunicar e interagir.

Alguns autistas podem desenvolver uma sensibilidade sensorial, que pode ocorrer em um ou mais sentidos (visão, audição, olfato, tato e paladar). Isso acontece porque os sentidos podem ser ou não intensificados.

Autismo Infantil. Imagem:divulgação

Por exemplo: um som de fundo que para as outras pessoas pode ser facilmente ignorado, para um autista com a audição intensificado pode causar um grande desconforto gerando crise de ansiedade e até mesmo dor física.

Sintomas do autismo infantil

O autismo afeta cada criança de uma maneira diferente. Desta forma, pode ser que uma criança autista desenvolva alguns sintomas e outros não, ou que com o passar o tempo comece a surgir novos sintomas do transtorno. A seguir listamos alguns sintomas comuns dos autistas:

  • Deficiência intelectual, dificuldades de coordenação motora e de atenção;
  • Problemas de saúde física, como por exemplo: sono e distúrbios gastrointestinais;
  • Déficit de atenção e hiperatividade, dislexia ou dispraxia;
  • Durante a adolescência podem vir a desenvolver ansiedade e depressão;
  • Dificuldades de aprendizagem, como por exemplo: estudar na escola, aprender atividades da vida diária.

Acesse e saiba mais informações: Como descobrir se seu bebê tem autismo?

Características do autismo infantil

O TEA pode ser caracterizado pela dificuldade na hora de se comunicar e nos comportamentos repetitivos. Embora todas as crianças sejam caracterizadas desta forma, cada uma delas é afetada em um grau diferente.

Autismo Infantil. Imagem:divulgação

Por isso, o diagnóstico muitas vezes pode levar um certo tempo para ser concluído. Algumas crianças podem ter essas características perceptíveis desde o nascimento, enquanto em outras essas diferenças sejam sutis no início, vindo a tornar-se visível apenas com o tempo.

Tipos de autismo infantil

Existem diferentes tipos de autismo e que apresentam sintomas diversificados. Fique atento a cada um deles!

  • O autismo clássico, por exemplo, é caracterizado pelos problemas com a comunicação, interação e comportamentos repetitivos, sendo diagnosticado antes dos 3 anos;
  • Síndrome de Asperger trata-se de excepcionais habilidades verbais;
  • O transtorno de Rett pode afetar as habilidades motoras e problemas com a postura da criança;
  • Transtorno Desintegrativo da Infância pode ser diagnosticado entre 2 e 4 anos de idade.

Acesse e saiba mais informações: Diagnóstico de Autismo Infantil

Tratamento do autismo infantil

O tratamento para TEA tem o objetivo de aumentar as habilidades sociais e comunicativas da criança através da estimulação da criança autista, reduzindo os sintomas e dando suporte ao desenvolvimento e aprendizado.

Autismo Infantil na escola

Apesar de o ingresso de uma criança autista em escola regular ser um direito garantido por lei, a inclusão social ainda está em fase de transformação tanto em escolas públicas como nas privadas.

Autismo Infantil. Imagem:divulgação

 

Uma curiosidade sobre as crianças autistas é que elas podem se desenvolver habilidades visuais, musicais, artísticas e na matemática. A maioria dos autistas possuem capacidade de memorizar muito acima da média, além de serem muito atentas aos detalhes.

Acesse e saiba mais informações: Como cuidar de uma criança com autismo?

Autismo infantil tem cura?

O autismo é uma condição permanente, ou seja, não há cura. Mas é importante lembrar que como qualquer ser humano, cada pessoa com autismo é única e todas elas podem aprender. É importante respeitar o tempo de uma delas e aprender quais técnicas funcionam melhor para cada uma delas.

Recomendados para você:



SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA