Sintomas de déficit de atenção infantil

0

 

Se o seu filho agir de um jeito imaturo e ingênuo e isso vier acompanhado de dificuldade de concentração e irritabilidade, isso pode sinalizar um déficit de atenção e hiperatividade (TDAH), ansiedade ou depressão, por exemplo.

O diagnóstico precisa ser feito por um médico e se dá por meio de observação de atitudes no dia a dia, uma vez que não existe um exame laboratorial para poder constatar. Confira a seguir algumas informações sobre o déficit de atenção infantil.

Déficit atenção sintomas

Confira os principais sintomas de déficit de atenção:

  • Desatenção ou Distração
  • Deficit de Atenção
  • Impulsividade

Déficit atenção tratamento

Para saber o tratamento para o problema é necessário fazer um acompanhamento psicológico, privilegiando a técnica cognitivo-comportamental.

Em muitas situações é preciso fazer o uso de medicamentos estimulantes, que agem sobre o córtex pré-frontal (região da testa). Isso porque quando essa parte é ativada, a pessoa consegue manter o foco e a atenção, melhorando dos sintomas do déficit.

Déficit de atenção tratamento caseiro

Um tratamento caseiro pode ser recomendado pelo médico, mas mesmo com o uso de medicamentos o tratamento em casa é essencial, coma alimentos saudáveis, que estimule a memória. Também é necessários que os pais ou a pessoa que more com a pessoa com o problema tenha muita paciência e o apoie.

Também é aconselhado que a pessoa pratique atividade física para controlar seu excesso de energia e porque atividades físicas liberam hormônios que causam bem-estar.

Também é necessários que essa pessoa tenha regras e as siga sempre para que consiga controlar o seu ímpeto de ser rebelde e esse lado egoísta e desligado do défict.

Déficit de atenção sintomas e tratamento

As crianças com esse mal têm dificuldade de se entreter com um brinquedo por um tempo longo, de ficar prestando atenção em detalhes em qualquer situação, também perdem muito os seus objetos pela casa (como por exemplo, material escolar), as crianças também parecem não escutar quando falam com elas, são muito inquietas, ficam mexendo as mãos e pés quando estão sentadas, falam sem pensar e respondem a essas perguntas antes mesmo que elas sejam completadas.

A maioria dos adolescentes com esse mal apresentam dificuldades acadêmicas, não se concentram nem terminam nada que começam por conta desse problema de manter o foco.

Déficit de atenção tem cura

O déficit de atenção não é considerado uma doença, por isso, não se pode falar em cura para algo que não é considerado uma doença. Para ser considerado uma doença é necessário que isso seja um estado do corpo, ocasionado por uma situação ou agente específico, que pode ser eliminado para que se retorne ao estado inicial.

O déficit de atenção é na verdade uma síndrome, um conjunto de sintomas, com causas múltiplas, incluindo fatores neurobiológicos, pessoais e ambientais. O tratamento é para a vida toda, mas é possível ter uma vida normal se controlar os sintomas desse mal.

Como saber se meu filho tem déficit de atenção?

Cuidado para não confundir as coisas e achar que o seu filho possui déficit de atenção. Lembre-se que as crianças são ativas por natureza; se forem agitadas é normal, e se seu filho não têm dificuldade de aprendizagem, provavelmente não há com o que se preocupar.

Colocar a criança para fazer muitas coisas também pode gerar uma ansiedade e isso pode gerar um comportamento tido como algo a ser visto como um déficit de atenção. Seu filho só tem um problema se é agitado demais, desatento , e não consegue aprender bem na escola e se relacionar com os amigos.

Como diagnosticar déficit de atenção

O diagnóstico do déficit de atenção deve ser feito por um médico, por isso, o procure assim que desconfiar do problema.

Recomendados para você:



SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA