Gravida alegre
Alimentação

Posso comer abacate na gravidez?

Hoje em dia, o abacate é quase uma espécie de superalimento e tem tomado de assalto a nossa culinária alemã. Mas e o abacate durante a gravidez? Mulheres grávidas podem comer abacates sem a consciência pesada? Temos uma resposta clara para você.

Os abacates são completamente seguros durante a gravidez, ao contrário de tantos outros alimentos proibidos . E não só isso: você é muito, muito saudável. Os abacates são naturalmente ricos em potássio, ácido fólico e ácidos graxos ômega-3.

Qualquer pessoa que ingere um abacate de vez em quando ou regularmente durante a gravidez não está cometendo um erro, porque as até 20 vitaminas e minerais diferentes contidos no abacate têm uma influência positiva em muitos fatores.

OS BENEFÍCIOS DO ABACATE NA GRAVIDEZ:

Vozes críticas costumam apontar que o abacate é apenas mais uma fonte de gordura. Certo, com um valor energético de 230 quilocalorias por 100 gramas, é realmente muito rico em gordura. Mas os benefícios dos abacates superam isso.about:blank

Um abacate cobre cerca de 25% das necessidades diárias de vitamina K e 20% das necessidades diárias de ácido fólico. Ele também contém 15% das necessidades diárias de potássio, bem como vitaminas B5 e 6. Um abacate também contém muitos dos ácidos graxos insaturados saudáveis ​​que, entre outras coisas, reduzem os níveis de colesterol. 

OS EFEITOS POSITIVOS DO ABACATE NA SAÚDE:

Um abacate pode ter vários efeitos positivos na sua saúde e na saúde do seu bebê. Aqui estão alguns dos benefícios adicionais dos abacates:

1. PRESSÃO ARTERIAL ESTÁVEL:

O potássio ajuda a manter a pressão arterial baixa. Bem como os ácidos graxos insaturados, por meio dos quais seus vasos sanguíneos são mais bem supridos de sangue.

O potássio contido no abacate garante um equilíbrio entre a proporção de potássio e sódio no corpo, o que é importante para regular a pressão arterial. Os ácidos graxos ômega-3 contidos na fruta-manteiga também ajudam a prevenir a hipertensão, fortalecendo os vasos sanguíneos para garantir uma boa circulação sanguínea.

2. O DESENVOLVIMENTO DO SEU FETO É PROMOVIDO:

Os ácidos graxos ômega-3 insaturados garantem o bom desenvolvimento do cérebro e do sistema nervoso do feto.

3. MENOS MALFORMAÇÕES:

O ácido fólico contido no abacate tem um efeito positivo semelhante. Contribui para o desenvolvimento mental saudável e reduz o risco de malformações. Por exemplo, o ácido fólico é particularmente importante para evitar defeitos do tubo neural (espinha bífida) e para promover o desenvolvimento saudável do cérebro.

4. O RISCO DE PARTO PREMATURO É REDUZIDO:

O risco de parto prematuro também pode ser reduzido pelos ácidos graxos que ele contém.

5. ESTRUTURA CELULAR SAUDÁVEL:

Um total de 18 aminoácidos contidos no abacate promovem uma estrutura celular saudável, garantem uma pele mais limpa e permitem que os músculos do feto cresçam bem.

6. Açúcar no sangue

Os ácidos graxos insaturados e a fibra alimentar têm uma influência positiva nos níveis de açúcar no sangue e de insulina, que em mulheres grávidas podem se desequilibrar rapidamente. Ao consumir abacates, o risco de desenvolver diabetes gestacional pode ser reduzido. Além disso, os ácidos graxos insaturados reduzem o aumento do açúcar no sangue, o que previne o estresse e fornece energia.

7. Desenvolvimento

Os ácidos graxos ômega-3 contidos no abacate garantem um desenvolvimento bom e saudável do cérebro e do sistema nervoso do feto. A vitamina B12 e o ácido fólico também estão envolvidos na formação dos glóbulos vermelhos, que são muito importantes para o feto. Se o feto sofre de anemia, isso pode causar danos ao sistema nervoso.

8. Ácido fólico

Um abacate é rico em ácido fólico. Isso é particularmente importante durante a gravidez porque pode prevenir malformações dos nervos e ao mesmo tempo promover o desenvolvimento do cérebro do feto. Uma dessas frutas ricas em vitaminas já cobre um terço da dose diária recomendada.

9. Nascimento prematuro

De acordo com um estudo, os ácidos graxos contidos no abacate também podem reduzir o risco de parto prematuro.

10. Coração

De acordo com outro estudo, os ácidos graxos insaturados podem proteger contra doenças cardíacas. A vitamina E que contém é boa para proteger o coração, enquanto a vitamina K auxilia na coagulação do sangue no corpo. Além disso, os ácidos graxos mono e poli-saturados contidos no abacate têm um efeito positivo sobre os níveis de lipídios no sangue, incluindo o nível de colesterol. Isso pode ser dividido em colesterol LDL (colesterol ruim) e colesterol HDL (colesterol bom). Comer um abacate diariamente pode diminuir o LDL e aumentar o HDL. Isso evita o risco de ataque cardíaco ou derrame.

11. Redução de estresse

Como mencionado acima, os ácidos graxos insaturados impedem o aumento do açúcar no sangue, o que pode ajudar a prevenir o estresse. O abacate também contém lecitina, que atua contra o estresse e acalma os nervos.

12. Estrutura celular

Os 18 aminoácidos diferentes encontrados na fruta-manteiga protegem a pele das impurezas e são importantes para a estrutura celular e o crescimento muscular.

Outros efeitos positivos

As substâncias contidas no abacate ajudam a regular o sistema digestivo, que rapidamente se desequilibra durante a gravidez. A fibra dietética que contém garante um funcionamento intestinal bom e saudável e uma sensação duradoura de saciedade. O consumo também não é um problema para mulheres grávidas com estômago sensível. Pelo contrário, o abacate pode ajudar contra os enjoos matinais.

OS ABACATES TAMBÉM APRESENTAM DESVANTAGENS DURANTE A GRAVIDEZ?

Como você pode ver, um abacate é muito saudável e na maioria dos casos também é extremamente saboroso para barrar. Um bom lanche é meio abacate regado com um pouco de sal grosso e limão.

Mas também não queremos omitir as desvantagens que os abacates trazem. Nos últimos anos, em particular, tem havido suspeitas crescentes de que os abacates representam um risco de infecção com Listeria. Isso não se deve à fruta em si, mas ao processamento e posterior transporte.

Para evitar infecções e ser muito cuidadoso, você deve sempre enxaguar os abacates comprados com água morna antes de consumi-los. Isso evita efetivamente que pequenos microorganismos que aderiram à casca entrem em contato com a fruta abaixo.

Então você pode comer com segurança o interior do abacate.

QUAL ABACATE COMER DURANTE A GRAVIDEZ?

O abacate que você deseja saborear depende do seu gosto pessoal. Existem muitos tipos diferentes de abacate. O abacate mais popular também leva o nome de “Fuerte” e é caracterizado por sua pele áspera. Se preferir um abacate muito aromático, experimente a variante escura “Hass” com sabor a nozes. “Nabal” é a variedade de abacate mais leve, com pele macia e baixo teor de gordura.

O QUE MAIS VOCÊ DEVE SABER SOBRE ABACATES QUANDO ESTÁ GRÁVIDA:

Seguem mais algumas dicas e truques para que você possa consumir seu abacate com prazer.

  1. Com todas as variedades, certifique-se de remover bem o núcleo.
  2. Use apenas frutas maduras e totalmente processadas. Se uma fruta ainda não estiver pronta, ela amadurecerá mais rápido armazenando-a entre maçãs ou bananas.
  3. Você também pode saborear abacates durante a amamentação.
  4. Quando seu bebê tiver oito meses, você pode oferecer a ele um abacate na forma de um mingau rico para bebês. Sua prole também ficará feliz com a polpa de fruta saudável!

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *