Meu filho não come direito. E agora?

0

 

Entre os muitos desafios da maternidade está a fazer com que a criança se alimente direito. E comer corretamente não significa simplesmente encher a barriga com alimentos. Comer direito quer dizer que a criança deve aprender a ingerir frutas, verduras e legumes a rodo. As quantidades também são importantes, pois não vale nada a criança comer pouco e é muito prejudicial para a criança que ela coma com excessos.

O equilíbrio na escolha dos alimentos que a criança deve comer é o que vai determinar a saúde alimentar dela no futuro. Outro ponto essencial para que os pais devem lembrar é o momento correto de incluir determinados alimentos no dia a dia da criança porque doces, por exemplo, podem atrapalhar o paladar infantil.

Dicas para fazer o seu filho comer

Confira algumas dicas essenciais para fazer com que o seu filho coma melhor de agora em diante:

Na fase da papinhas e misturas para melhorar o sabor

1 – Nessa fase a mãe acha que é só misturar tudo no liquidificador e colocar no prato da criança. Amassar legumes e deixar tudo sem gosto também não é uma boa ideia, tem que ter cor e sabor desde sempre. Não é porque ele é um bebezinho que não terá prazer com a comida.

A dica nessa fase da alimentação para estimular a criança a comer mais é escolher somente um legume predominante, tanto na cor, como no sabor. Se colocar mandioquinha, por exemplo, não coloque cenoura. Se colocar a beterraba não coloque outra leguminosa com gosto forte e cor igualmente forte.

2 – Na hora de fazer sopinhas para as crianças não bata tudo no liquidificador, apenas amasse com o garfo sem passar em peneira. Assim a criança consome as fibras e ainda vê o alimento em uma aparência melhor.

fazer os filhos comer
Meu filho não come direito. E agora? Imagem:divulgação

3 – Inclua legumes em receitas que as crianças normalmente come. Como bolos de carnes, omeletes e até tortas. Não conte nada para ninguém, mas coloque no meio e sirva. Assim, depois que a criança comer você pode contar e explicar que ela comeu legumes e aquilo que ela jurava que não gostava.

4 – Yakissoba é uma receita cheia de legumes e muito saborosa. O macarrão japonês leva legumes e carnes e é um ótima receita que é saudável. Não leva sal por causa do molho de soja e ainda tem muitos legumes.

6 – Coloque no cardápio coisas que as crianças podem pegar com as mãos. Veja alguns exemplos: cenoura baby ou cortada em palito, tomate-cereja, espiga de milho, pepino em palito e hortaliças cortadas em tirinhas.

Decoração do prato

7 – Quando a criança começa a comer sozinha o certo é não misturar as coisas no prato. Coloque tudo em cumbuquinhas separadas. Escolha alimentos com texturas e modo de preparo diferentes. Deixe a criança escolher o que comer e o momento correto de comer cada item. Assim ela vai entender do que ela gosta e do que ela não gosta.

8 – Outro erro na alimentação dos seus filhos é cozinhar os legumes demais até eles perderem a textura. Quando os alimentos estão muito cozidos eles tendem também a perder o sabor. Os alimentos cozidos ao dente tem cor mais linda e ainda mantém mais vitaminas e seus sabores.

9 – Existem formas de deixar as saladas mais bonitas e saborosas. Coloque em cima da salada croutons, batata-palha, ovo cozido picado, ovo de codorna, kani desfiado ou pedaços de frutas amarelas e vermelhas (como tomate e manga). Deixe a salada linda e esses alimentos vai dar mais sabor a sua salada.

receitas
Meu filho não come direito. E agora? Imagem:divulgação

10 – Solte a imaginação e use molhos para fazer desenhos em cima dos purês. Não precisa ser nenhuma obra-prima, apenas coloque desenhos, como nuvens, carinhas, bonecos simples e por aí vai. Faça a comida fazer parte da brincadeira do seu filho que com certeza ele vai querer ter um contato maior com ela e o interesse em comer vai aumentar muito.

11 – Brócolis e couve-flor lembram árvores e você pode fazer muitos desenhos com elas. Faça o purê de batatas, por exemplo, e cozinhe no vapor o legume até que fique ao dente. Depois, espete ele em cima do purê para dar aquele toque especial na refeição do seu filho.

12 – Cremes de vegetais que viram uma espécie de patê podem ser servidos em torradas como lanche, para incentivar a alimentação da criança. Também pode colocar tomatinhos em palitos alternados com queijos, por exemplo. Fica lindo e saboroso.

recietas
Meu filho não come direito. E agora? Imagem:divulgação

13 – Faça o mesmo legume e verdura em receitas diferentes, com acompanhamentos diferentes. Assim a criança se interessa em comer melhor e você consegue melhores resultados na alimentação do pequeno.

14 – Um erro dos pais é querer esconder o alimento do prato da criança. Ela deve saber o que está comendo sim, precisa mostrar para ela o que é e o sabor. Claro que você pode por em outros pratos e depois contar que tinha o legume lá para ela perceber que o que ela diz não gostar pode não ser algo tão ruim quanto ela pensa.

Coisas que desestimular a criança a comer

1 – Servir a mesma coisa no almoço e jantar ou a semana toda.

2 – Não variar a forma de preparo dos alimentos.

3 – Misturar toda comida no prato.

comer
Meu filho não come direito. E agora? Imagem:divulgação

4 – Amassar toda a comida.

5 – Comida com cor estranha, como por exemplo, a cenoura amassada com lentilha.

6 – Falta de sabor na comida. Para isso use temperos naturais.

7 – Desistência dos pais na primeira tentativa de mostrar um novo alimento para o filho.

Recomendados para você:



SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA