Como cuidar de uma criança com autismo?

0

 

Cuidar de uma criança autista pode ser difícil às vezes, por isso há estratégias que podem fazer a diferença entre lidar e sentir-se oprimido. Estratégias não precisam ser complicadas, é só uma questão de se certificar que seu filho se sente seguro, confortável e tranquilo, para que ele possa crescer e se desenvolver em um ambiente positivo.

Por isso, propomos uma revisão de tudo relacionado ao transtorno do espectro do autismo de seus tipos e sintomas através de tratamento e novas terapias. Leia mais e fique por dentro, esclarecendo as dúvidas mais comuns.

O que é autismo?

Autismo ou Transtorno do Espectro Autista pode ser associado com deficiência intelectual, dificuldades motoras e de coordenação e de atenção e, às vezes, física tais como sono e gastrointestinais e inquietação.

Como cuidar de uma criança com autismo
Como cuidar de uma criança com autismo?

Ou seja, o autismo é um conjunto de desordens do desenvolvimento neurológico, refletida na dificuldade de se relacionar e se comunicar, e caracterizada por comportamentos repetitivos. Cães, cavalos e golfinhos  podem ajudar o autista a voltar a ter contato com o meio ambiente para desenvolver suas habilidades de comunicação.

Acesse e saiba mais informações: TDA e TDH qual a diferença?

Como cuidar de uma criança com autismo?

Alguns dos comportamentos de uma criança autista são projetados para excluir situações e isso não é fácil de lidar. Aplicar a abordagem correta pode ajudar você a atingir o seu filho, em vez de ser excluído pela criança. Veja algumas dicas:

  1. Proporcionar um ambiente previsível.
  2. Prepare o seu filho antes da mudança acontecer.
  3. As atividades devem ter uma estrutura.
  4. Distrações devem ser reduzidas ao mínimo, especialmente em comunicação, de modo que, ao instruir o seu filho, desligue a televisão e reduza o ruído de fundo.
  5. Certifique-se de que você tem toda a atenção de seu filho ao tentar se comunicar com ele.
  6. Dê instruções de forma simples e direta para que não haja mal-entendidos.
  7. Quando você dá instruções ao seu filho, deve haver tempo suficiente para o processo.
  8. Tente usar recursos visuais, como cartões de memória ou livros de imagens de comunicação, uma vez que eles podem ajudar a transmitir a sua mensagem.
  9. Tente ser o mais consistente possível com o seu filho. Isso inclui punição.
  10. Se o seu filho não está enfrentando bem uma situação, considere se as causas subjacentes (isto é, confusão, tensão, medo, dor ou excesso de estimulação) podem ser um fator e tentar eliminar essas causas.
  11. Quando os níveis de estresse são reduzidos, incentive-o a voltar para suas atividades de grupo.
tratamento-do-autismo
Como cuidar de uma criança com autismo? Imagem:divulgação

Não se esqueça de evitar o isolamento e fazer o seu filho se sentir confortável na companhia de todas as pessoas ao seu redor. Por isso, é importante que você se adapte ao ambiente de casa com as condições necessárias ao autista.

Acesse e saiba mais informações: Falta de atenção como melhorar

Causas do Autismo Infantil

Especialistas ainda não têm certeza de todas as causas do autismo. A coisa mais segura é que existem várias causas, em vez de apenas uma.

como-cuidar-de-uma-crianca-com-autismo
Como cuidar de uma criança com autismo? Imagem:divulgação

Parece que certo número de circunstâncias diferentes, incluindo fatores ambientais, biológicos e genéticos fornecem a base para o autismo e fazem uma criança ser mais susceptível a desenvolver a doença.

Autismo é doença genética?

Há razões para acreditar que os genes desempenham um papel fundamental no desenvolvimento do autismo. Verificou-se que os gêmeos idênticos têm mais probabilidades de serem afetados do que os dois gêmeos fraternos (que não são geneticamente idênticos).

autismo
Autismo Infantil. Imagem:divulgação

Acesse e saiba mais informações: O que é TDA/H?

Autismo infantil tem cura?

Até hoje, a ideia geral entre os profissionais é que o autismo é um transtorno que permanece ao longo da vida. Distúrbios do espectro do autismo não têm cura. Todas as terapias estão focadas em aliviar os sintomas e melhorar a qualidade de vida dos pacientes. Para isso, o autismo deve ser sempre acompanhado por uma equipe multidisciplinar.

Recomendados para você:



SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA